.

.

25 de jul de 2015

Que tal começar por julgar a si mesmo?

 Mateus.Cp 7. Vc .1 ao 5 
1 "Não julguem, para que vocês sejam julgados Não. 2 Pois da mesma forma que julgarem, vocês será julgados; ea medida que usarem, tambem será usada para medir vocês. 3" Por que vocês repara no cisco que está no Olho do Irmão e nao se dá conta da viga que está em seu próprio Olho? 4 Como voce pode Dizer a seu irmã: 'Deixe-me tirar o cisco do seu Olho', Quand Há UMA viga no seu? 5 Hipócrita, tire primeiro a viga do seu Olho, e entao voce verá claramente para tirar o cisco do Olho de seu irmã. 
Introdução O texto que nos serve de base é o início da parte final do Sermão do Monte. Devemos lembrar que é UM sermão endereçado aos fiéis, pois, Jesus começa com as bem-aventuranças, que descrever o caráter dos que São remidos. Seu ensinamento é prático, coerente com a Lei de Deus e está em ferrenha oposição ao ensino dos fariseus. Este grupo religioso deturpou e muito a Palavra, tornando-a conveniente a elevação do status quo dos mesmos, que se consideravam justos devido aos seus próprios méritos. Acontece que eles haviam rebaixado o padrão de Deus. Deixe-me exemplificar: A nao ser que voce sejão alguem com estatura, impulsão e aptidão para o Basquetebol, provávelmente vozes Não conseguirá efectuar UMA enterrada. Mas digamos que vocês rebaixamento da tabela, cerca de UM metro. Conseguirá agora? Presumimos que sim, todavia, vocês e eu sabemos que nao é UMA enterrada legitima, ao estilo da NBA. Era exatamentes assim que os fariseus faziam. Jesus os chama de hipócritas, e Não é atoa. Em todo o sermão, o antagonismo fica evidente Quand Cristo diz, "ouvistes o que foi dito, eu porêm vos digo". Ele está ali colocando o seu ensino em confronto com o ensino farisaica . Era-me eles os mestres daquele povo. Ao ficar cientes dêsse contexto, a compreensão daquilo que Jesus nos diz nos primeiros versículos de Mateus 7 torna-se mais clara. Que ESSE estudo venha a atingir diretamente o NOSSA ego, nos Fazenda atentar para o que voce precisa mudar, para sermos cristãos diferente do que estamos sendo.
  O porquê de Não julgar
Cristo comece dando umha sentença. E Qual é ela? "Não julguem". No entanto, ESSE versículo tirado de seu contexto Gera UMA Confusão que permeia a mente de muitos. Será que aqui Jesus nos diz que nao devemos analisar nada e Nem ninguém? Será que nao podemos Dizer que alguem que está em pecado é pecador? Será que se UM Homem prega algo antibíblico, Não devemos julgá-lo como herege? Software que nao é isso que o Senhor nos pede. Assim algums Jesus nos proíbe de discernir, avaliar e ponderar. Se Fosse assim, como teria dito logo em seguida: "Não Deiss aos cães as Coisas santas, Nem deiteis aos porcos as Voss pérolas, nao acontece que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem" (v.6) ? Ora, para identificar Quem São os cães e Quem São os porcos, é necessario julgar. O julgamente é umha responsabilidade de todo crente, todavia, nao Deve ser feito de acordo com o mero achismo ou sem Conhecimento de causa. O ato de julgar é apoiado Pela Palavra. A própria Escritura é o parâmetro e nao a NOSSA Justiça própria (João 7:24). E foi condenação, Quem condena é o próprio Senhor, através da sua Lei registrado na Bíblia. Para que nao haver sombra de dúvidas, observem o que é dito nos versículos 15 a 20: "Cuidado com os falsos profetas. Eles Vem a vocês vestidos de peles de Ovelha, mas por dentro São lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguem colher uvas de UM espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa Não pode dar frutos ruins, Nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que nao produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. Assim, pêlos seus frutos vocês os reconhecerão! "É preciso exercer juízo de valor, atentando para os frutos, isto é, pensamentos e ações, para se discernir Quem é UM falso profeta e conseqüêntemente Não ouvi-lo e Nem segui-lo. Mas entao, o que Jesus está dizendo? Lembre-se que seu ensino está em oposição ao grupo dos fariseus. Estes viviam emitindo sentenças baseadas em sua própria Justiça. Em Lucas 16:15 o Senhor lhes repreende dizendo: "Vocês São os que se justificam a si mesmos aos olhos dos homens, mas Deus conheçe os corações de vocês". Tudo fariseu adorava transparecer UMA impressão de piedade e obediência à lei. Eles aparentavam UM semblante triste para Dizer que jejuavam, mandavam tocar trombeta todas as vêzes que iam oferecer, oravam em voz alta nos cantos, dando umha ideia de que nao aguentavam chegar na sinagoga para orar, de Tao fervorosos que era-me, etc. A parábola do Fariseu e do publicano mostra o tipo de imagem que os fariseus faziam de si próprios. A parábola em questao está no capítulo 18 do Evangelho de Lucas. O propósito de Jesus ter contado nos é dito no versículo 9: "A alguns que confiavam em sua própria Justiça e desprezavam os outros, Jesus contou esta parábola". Pelo personagem escolhido por Jesus, Não nos resta dúvida, os fariseus era-me Quem se vangloriavam. A oração farisaica, de acordo com a parábola, era assim: "Deus, eu te agradecemos porque nao sou como os outros homens: ladra, corruptos, adúlteros; Nem mesmo como este publicano" (Lucas 18:11). Esse é o tipo de julgamente que nao devemos proferir: Que pena, discrimina e menospreza, fundamentado em NOSSA natureza, como se fôsse melhores por fazermos certas Coisas. Não somos bons por nós mesmos. Tudo o que somos de bom Vem do Pai NOSSA. Podemos até nos reportar a alguem que esteja vivendo em pecado, mas Não devemos nos apresentar como superiores, desajudando Quem peca. Toda correção Deve ser feita com amor, visando a Pessoa corrigida abandone o pecado que lhe prende. Disciplinar é UM ato amavel e nao UM ato de desprezo. Esse juízo temerário Não nos cabe. É Ness sentido que o Mestre nos adverte para que nao julguemos.
  Recebendo na mesma medida
Cristo usa de tremenda sabedoria Quand diz: "Pois da mesma forma que julgarem, vocês será julgados, e à medida que usarem, tambem será usada para medir vocês." Issos verdadeiro e me faz lembrar da anedota de certa senhora que observava desde os lençóis que a sua vizinha estendia no varal. Ela bisbilhotava Pela Janela de vidro e compartilhava com seu marido o quanto que a vizinha era desleixada e suja com os afazeres domésticos, pois os lençóis manchados e era-me tinham UM aspecto encardido. Tal análise se repetia constantemente. Num belo dia ela admirou-se e relatou ao marido que finalmente a vizinha havíamos feito UM bom service. Os lençóis, segundo ela, estavam branquinhos. No entanto, o marido lhe Fez UMA revelação que a constranger. Naquela manhã, ele havíamos limpado a vidraça. A ilustração acima é bem oportuna. Não era a vizinha que era suja e desleixada, conforme presumia a bisbilhoteira. Pelo contrário, era ela a emporcalhada. À medida que ela usava para emitir seu julgamente, lhe caiu como luva UMA ea deixou, com Perdão do trocadilho, em maus lençóis. No entanto, a questao vai UM pouco mais Alemão. O problema de julgarmos conforme Nossa medidas é que o Senhor nos julgar com as mesmas. O apóstolo Paulo nos dá umha excelente Ajuda para que entendamos melhor. Vejamos o que ele nos diz em Romanos 2: 1-6: "Por Issos, vocês, que julgá, os outros é indesculpável; pois está condenando a si mesmo naquilo em que julgá, visto que vocês, que julgá, pratica as mesmas Coisas . Sabemos que o juízo de Deus contra os que praticam tais Coisas é conforme a verdade. Assim, Quand vozes, UM simples Homem, os julgá, mas pratica as mesmas Coisas, pensa que escapará do juízo de Deus? Ou será que vocês despreza as riquezas da sua bondade, tolerância e paciência, nao reconhecendo que a bondade de Deus o leva ao arrependimento? Contudo, por causa da sua teimosia e do seu Coração obstinado, vocês está acumulando ira contra si mesmo, para o dia da ira de Deus, Quand se revelará o seu justo julgamente. Deus, retribuirá a cada UM conforme o seu procedimento "." Embora Paulo nos fala sobre UM julgamente diferente, que levará os ímpios a danação, enquanto que Jesus fala de UM julgamente galardoador, pois seu público alvo São os cristãos e estes Não perdem a salvação, mas perder algums Coisa na dimensão da Glória, o princípio é o mesmo Coisa. Deus julgar cada UM segundo suas obras, crentes e incrédulos (ver 2 Coríntios 5:10). E se quisermos ser Não envergonhados na Presença de Deus, entao Não devemos ser irresponsáveis ​​que se refere ao julgamente alheio.
  Já olhou para a sua condição?
A Grande Finalidade dêsse seca sobre o julgamente (versículos 3-5) é regado a Muita ironia.
Cristo quer que imagine Numa cena, alguem com UM bastão enfiado no Olho, que está preocupado com UM cisco no Olho de outrem. Algo Muito tosco. E exatamentes isso que Jesus quer repassar com sua Linguagem hiperbólica. Aqui ele é o hipercriticismo que usamos com os outros, sem utilizar-se de tanta minúcia para fazermos UM autoexame. Para reparar UM Cismo no Olho de alguém, preciso estar atento Muito, meio que procurando algo para tomar nota. Issos é o que Muita gente anda Fazenda nas Igrejas. O patético Disse é que enquanto nos alarmes com o pequeno fiapo que está no globo ocular do Nossa Irmão, nós estamos com a Visa prejudicadíssima e Nem sequer removeu o que afeta NOSSA vista. Recentemente li UMA frase do pastor presbiteriano, Ricardo Barbosa que gosta de compartilhar aqui. Ele diz: "Muitas vêzes queremos UMA igreja diferente que nos FAÇA diferentes, mas Não queremos ser Pessoas diferentes que constróem UMA comunidade diferente". Assim São os que ostentam suas traves, mas que reparam a farpa alheia. Issos demonstra que a intenção Não é boa. Tais Pessoas Não está preocupado com a condição de seus Irmãos, pois, se estivessem, olhariam primeiro para si mesmas. Se UM cego Não pode Nem guiar outro cego, quanto mais curá-lo? A Escritura nos diz: "Examinem-se para ver se vocês está na fé, provêm-se a si mesmos" (2 Coríntios 13: 5). O Evangelho Não é joguinho de tiro ao alvo. O Objective primário Não é encontrar o erro do Irmão, mas ver o meu erro e correr para Cristo, clamando Pela sua Ajuda. Já dizia Lutero logo em sua primeira das 95 teses que assinalou: "Dizendo Nossa Senhora e Mestre Jesus Cristo: Arrependei-vos ...., certamente quer que a vida de seus crentes na terra sejão contínuo arrependimento." A Palavra que Jesus usado para descrever a Pessoa que aponta para os erros dos outros sem corrigir seus é: Hipócrita. Ou sejão: fingido, embusteiro. Um termo forte que DEVE levar a confrontar Nossa ego e Nossa narcisismo. Assum sua condição pecaminosa. Assum seus pecados, Lute contra eles, mas Não Lute sózinho, recorra ao único que pode remover os cabelos poder do seu Espírito. Voce DEVE fazer Issos e eu tambem. Não sou Nem melhor e Nem pior que qualque outro ser humano da face da terra. Sou tao necessitado de Graça quanto qualque UM é. Por Issos, ao orar, Oremos como o publicano: "Deus, Ele Ele tem misericórdia de mim, que sou pecador" 
(Lucas 18:13).
Considerações Finais
 1. Devemos evitar a postura dos fariseus, que se achavam bons o suficiente para recriminar seus patrícios. Olhemos para os mais novos e débeis na fé e lembre-se que ja pass Pela mesma fase, se ainda nao estivermos nela. Podemos até Ajuda-los, Não sem antes provar a nós mesmos e termos a certeza que somos aptos para prestar o auxílio, pois superamos o que perturba o Nossa irmã que está mais vulnerável.
 2. Cuidado com o senso crítico. Ele faz bem e nos impede de cairmos em Muita roubada. Ainda, Quand ele é Muito, corremos o risco de errarmos em quáse todas as conclusões que tomamos a respeito de vários assuntos. Se tudo que vocês enxerga na Igreja, no pastor, nos líderes e outros IRMAOS for ruim, provávelmente o problema está consigo e nao com os outros. Lembre-se que nunca haverá igreja perfeita, sendo vozes UM membro desta igreja. Por acaso vocês e eu somos perfeitos?
 3. Examine a nós mesmos frequentemente. Uma sugestão: Pegue os 10 mandamentos e no final do dia vejamos se descumprimos algums. Devemos anotar os mandamentos quebrados e soma-los no final da semana. Se achamos que somos os santarrões, iremos levar UM cruzado direta no queixo ao consultarmos o resultado. Ai de nós se Não fôssem as misericórdias do Senhor renovadas a cada manhã
. O arrependimento tem que ser constante.
Que Deus nos Ajuda. A Ele a glória!

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário, isso nos ajudará a melhorar.